[G.T.R] Manual Tatíco de Resgate.

Ir em baixo

[G.T.R] Manual Tatíco de Resgate.

Mensagem por CDT_Kayrus em Dom 4 Ago 2013 - 1:31






 Índice

☛ Requerimentos
☛ O que é G.T.R. e sua função
☛  Regras
☛  Skins
☛  Patentes e Funções
☛  Códigos de rádio e códigos de status
☛  Referências de equipes
☛  Info



Requerimentos






• Saber o manual por completo
• Ser RPG e extremamente tático
• Ser ativo in-game e fórum do Exército
• Cargo 2+ (Paraquedista ou Co-piloto)
• Ter habilidades necessárias
• Ter microfone funcional e utilizar o Raidcall sempre


O que é G.T.R. e sua função


• O Grupo Tático em Resgates é uma subdivisão do Exército, especializada em salvamento de reféns. Temos como função evitar, resgatar e salvar sequestros dos terroristas, utilizando de qualquer recurso que lhe cabe. Também damos apoio aéreo em qualquer operação do Exército. Com as novas regras do servidor também podemos auxiliar no sequestro de gangues.





Regras

• Prestar atenção nos sequestros de terroristas, e qualquer irregularidade deste informar um Administrador e/ou Denunciar.
• Obedecer ordens de superiores e comandantes.
• Apenas pegar o helicóptero se for um piloto/co-piloto. 
• Deixar o helicóptero em bom estado após o uso.
• Sempre mandar /Megafone para o refém correr até um veículo do exército.
• Nunca pegar helicóptero ou veículos de outros departamentos policial sem a autorização.
• Se dedicar o máximo para salvar o refém.
• Não colocar sua equipe e o refém em risco.
• Usar apenas motos trancadas, para evitar furto dos sequestradores.
• Não se separar da equipe e seguir o que foi proposto.
• Utilizar os "Códigos P" e comandos entre membros G.T.R.
• Sempre ir em formação quando for requisitado, em algum local proposto.
• Informar a membros que estão em Status 2, quando houver sequestros.
• Sempre tirar SS quando aplicar um /SU.
• Apenas ir em sequestro de gangue caso a ROTAM autorizar e eles estiverem com -5 membros nas duas ORGs (SF e LS).



OBS: O descumprimento de regras, deve ser informado com provas, ao líder ou sublíder. A punição será avaliada, e poderá ser de uma simples punição verbal, até a banimento da G.T.R.


Skins

A G.T.R. procura utilizar skins diferentes do Exército, pelo próprio fato de sermos diferentes.

Skin nº 261



OBS: Membros da G.T.R que não usarem essa skin serão punidos
OBS²: Membros que não são da G.T.R que usarem a skin acima serão punidos também.








Patentes e Funções


• Paraquedista - São essenciais no resgate. Pulam de paraquedas e invadem o cativeiro no anonimato seguindo a tática combinada. Devem mandar /Megafone para o refém correr até o helicóptero e protege-lo de tiros.

• Co-Piloto - É auxiliar do piloto. Deve passar todas instruções para ele, como: localização dos sequestradores, local do cativeiro, id do refém etc. Na ausência de um devido piloto, ele quem deve pilotar. Também pode pular de paraquedas conforme a tática utilizada, mais na maioria das vezes só deve sair do helicóptero em solo.

• Piloto - Ele quem conduz a equipe paraquedista até o cativeiro. Tem a função de resgatar o refém com o helicóptero e salva-lo com total segurança.





Sub-manuais da G.T.R


manual de paraquedista:

Manual de Paraquedistas do Grupo Tático em Resgates



 





Índice

 

Invasão

  Comandos táticos

  Preparação para um resgate

 



Invasão



 

• Formação básica para invasão do cativeiro



 
Formação com cobertura:


 



 
Formação sem cobertura:


 



 





* Na invasão com cobertura, deve ter sempre alguém com uma arma de longo alcance (rifle / sniper), que ficará por último. Também é responsável de dar cobertura.

 ** Deve ter ao menos um com uma shotgun, e o restante de M4. São responsáveis pelo fogo-rápido.

 *** Pedir o apoio da A.D.E. é essencial, eles quem podem nos garantir o reconhecimento do cativeiro, e dos sequestradores. Também ajudando na invasão. Devem estar cientes das táticas na outra sessão.

 **** Antes de qualquer invasão completa (momento em que você estará a vista dos sequestradores) é obrigatório o uso do 10-40, a partir dele, que os snipers, o piloto, e as viaturas terrestres, saberão o real momento de invadir e por em prática suas devidas funções.

 

• Proteção do refém


 

Proteger o refém durante sua corrida até um dos veículos do exército é muito importante em um resgate, existe maneiras corretas de proteger. Não basta apenas correr feito um loco atrás dele. São duas maneiras, confira abaixo:

 

1º - Proteção de refém

 Quando houver muitos sequestradores, o melhor é proteger o refém. Terá de correr colado (mesmo) no refém, os movimentos que ele fizer terás de acompanhar. Caso ele esteja correndo em zig-zag, você ira fazer o inverso do movimentos dele. Se ele esta correndo em zig-zag para esquerda, corra para a direita, somente assim os tiros irão acertar você e não ele, pois nenhuma pessoa tem reflexo o suficiente, ou então net foda para acompanhar o refém perfeitamente em seus movimentos. Isto foi observado por mim após algumas invasões e realmente da certo.

 

2º - Bloqueio de sequestrador

 Quando houver poucos sequestradores, o melhor é seguir os sequestradores que estão atirando. Tentará de buga-lo na faca, ou então ficar em frente ele para tapar os tiros. Esta é uma boa alternativa, mas apenas se tiver poucos sequestradores (4 no máximo).

 

• Retirada de veículos

 

Esta é uma ação crucial, onde se errar aqui, todo o resgate falha. Alguns cativeiros são impossíveis e/ou enviável de ter um carro para empurrar o carro que fecha o cativeiro dos sequestradores, um exemplo é a Prainha. A única entrada do veículo fica longe da casinha onde o refém esta, deixando o carro na   vista dos sequestradores por bastante tempo. Devido este fato, os próprios paraquedistas tem de retirar o veículo, confira abaixo o modo.

 

Primeiramente o fps do paraquedista deve estar em perfeitas ordens, o mais auto possível. É necessário empurrar (sempre correndo) o veículo pelos cantos dele, não retirando ele por completo da porta, mas sim, deixando um espaço confiável para o refém passar. Veja as SS abaixo.

Exemplo:


 









 

Comandos táticos



 

• Salto aberto

 

Este comando indica que o salto que será feito terá a abertura do paraquedas, em um momento determinado. Normalmente bem próximo do solo para agilizar o processo de caída e evitar ser visto por outros indivíduos.

 

• Salto fechado

 

Este comando indica que o salto que será feito não terá abertura do paraquedas. Normalmente é utilizado para cativeiros onde o paraquedista cai na água, assim evitando a morte.

 

* Confira o vídeo abaixo dos saltos aberto e fechado.





 

• Pombo sem asa

 

É uma ação onde o paraquedista "larga seu paraquedas" após aberto. Ela serve para cair em determinados lugares (apertados / pequenos) onde não dará certo caso caia normalmente. Ao soltar seu paraquedas, você cairá reto e em pé, evitando movimentos que faça você errar o local onde deve cair. Confira o vídeo abaixo da ação.



 



Preparação para um resgate



 

A preparação antes do resgate é a alma dele. Sabendo que a qualquer hora pode haver uma chamada para a G.T.R., é essencial deixar tudo em ordem, por isso, segue abaixo uma dicas, ou melhor, deveres!

 

- Ao voltar de um resgate, manter o helicóptero em ordem e em seu local de respawn.

 - Pelo menos 2 membros da equipe de resgate devem ter o /chamar carro do(s) helicópteros utilizados.

 - É dever estarem reunidos, sempre, caso não estejam é importante um 10-10.

 - Durante um período intensivo, de vários sequestros, etc., nenhum membro pode ficar em Status 2 por motivos fúteis, como ver sua rede social, outros jogos etc. Há momentos e horários adequados para isto.

 - A partir de agora teremos um prazo máximo para chegar no cativeiro, este prazo será de no máximo 5 minutos. Tempo suficiente para dar uma volta no mapa do GTA de faggio.

 - É obrigação todos manter-se equipados, armados, preparados para uma atividade com confronto.

"Voar para servir"









Manual de Paraquedistas da G.T.R. ® -  

Creditos :  Cesar_Vilpando

 



manual de piloto e co-piloto:

Manual de Pilotos e Co-pilotos do Grupo Tático em Resgates






 

Índice
 
Escala de alturas para voos
  Comandos táticos
  Orientação durante voo
  Orientação ao refém
  Aplicação de SU's
  Preparação para um resgate
 

Escala de alturas para vôos





Segue abaixo um conceito de altitudes, importantes na hora de escolher a altura correta de acordo com cada cativeiro. Serão utilizadas pelo Comandante do resgate/op. e o piloto responsável deve ter em mente todas altitudes.


- A unidade de medida será PÉS, elas não estão na altura real, até porque não intendo disso.
- Cada cativeiro necessita do helicóptero estar em uma altitude correta.
- Há 5 altitudes utilizadas (0.0 Pés; 0.500 Pés; 1.000 Pés; 1.500 Pés; 2.000 Pés).
- Para saber se esta na altitude correta, basta levar em consideração o radar de altitude, logo ao lado do mapa. Veja abaixo, ele será nosso guia:







 Altitudes
 
0.0 Pés:

 


O radar de altitude deve estar no começo de tudo! (começo da primeira barra)
 




* Esta altitude é utilizada apenas para Vôos rasantes e também, para a tática brim-rolling.


0.500 Pés:



O radar de altitude deve estar na metade perfeita da primeira barra!
 




* Esta altitude é utilizada apenas para Caças e apoio à procurados para as viaturas do exército.


1.000 Pés:



O radar de altitude deve logo no começo da segunda barra!




* Esta altitude é utilizada para sequestros em movimentos, e em cativeiros que são em solos baixos, sem prédios nem nada. Exemplo: Trailers LV, Ocean Docks LS.


1.500 Pés:



O radar de altitude deve exatamente na metade da segunda barra!
 




* Esta é a altitude mais utilizada. É perfeita para cativeiros de média altura, e lugares livres onde pode ter snipers mirando para o céu. Exemplo: Esmerald, Prainha.


2.000 Pés:



O radar de altitude deve estar exatamente no final (limite) da segunda barra! - Não a perigo de morrer no DB com a nova versão
 




* Utilizada em cativeiros altos ou que necessita de grande tempo de salto com paraquedas. Exemplo: Indústria-LV, Chilliad.




Comandos táticos









• Giro cobertura


Consiste no helicóptero rodar em sentido horário em volta de um determinado local.  Esta ação serve para detectar possíveis ameaças em torno do cativeiro, território, local etc. O piloto deverá rodar com o helicóptero em um raio grande em torno do cativeiro, mantendo uma altitude definida pelo comandante. Veja abaixo como exemplos.






Área percorrida:
* Os traços vermelhos mostram o caminho percorrido pelo helicóptero.









(K.A.C.C.)








(Esmerald)


• Giro de calda


O giro de calda é utilizado para o posicionamento do helicóptero, ou seja, o lado que ele estará virado. Esta ação é muito simples de ser feita. Para fazer os giros, são utilizados as teclas "Q" e "E". A ordem do giro de calda é dada atravez dos 4 polos existentes (Norte, Sul, Leste, Oeste).
A calda deverá estar virada para o polo em que foi dado o comando, por exemplo:
Um comandante diz para o piloto:
** Giro de calda ao Norte.


O piloto deverá deixar a calda do helicóptero posicionada/apontada para o Norte. Como mostra a SS.
Exemplo:






* Caso tenha dúvidas dos polos, segue abaixo a consulta.







** No radar do mapa no GTA indica o polo Norte, pelo símbolo "N", basta ter um pouco de senso para saber os demais polos.


Abaixo um vídeo de Giro de calda para os 4 polos (Norte, Sul, Leste e Oeste).






*** Os comandos devem ser passados apenas via-voz no raidcall.


• Portas livres


Este comando indica a permissão para os paraquedistas saltarem. Quando estiver tudo pronto para o piloto (estabilizado, na altura certa, no local certo...) ele deverá falar o comando "Portas livres", tudo isso via-voz no raidcall. Este comando funcionará como o antigo "PPS".


• Pouso veloz


O pouso veloz é o chamado "pouso com /motor". Consiste no piloto pousar o helicóptero com rapidez e agilidade, desligando o motor no alto e ligando novamente apenas perto do chão.


• Pouso seguro


O chamado pouso seguro é um pouso normal, sem riscos do helicóptero tombar, explodir ou tomar danos quando pousa. Consiste no piloto ir descendo e reduzindo o helicóptero até que os esqui do mesmo toque no chão.


Veja o vídeo abaixo demonstrando o pouso veloz e seguro.






PS.: Grande parte dos comandos táticos aqui descritos foram retirados do Grupamento Aéreo (GRPAe) da Polícia Militar (SP), na vida real. Obviamente que estas foram adaptadas pro BPF.




Orientação durante voo





Esta é uma ação muito importante. É de muita necessidade o piloto ser orientado para onde deve ir, a altura que deve ir e local que deve ir etc..
Isso é de grande uso durante sequestros em movimentos, ou perseguições contra terroristas.
Essa será uma função do co-piloto atuante. A orientação deverá ser feita apenas via-voz no raidcall. Funcionará da seguinte maneira:
O co-piloto irá ficar dando /localizar no individo e durante esta ação ele irá ficar orientando o piloto do local por onde o individo que está sendo localizado esta passando. Ele deverá falar duas coisas:
[Bairro que aparece no /localizar] [Ponto de referência]


- Exemplo:
Durante um sequestro em movimento, o carro dos sequestradores estão passando por Los Santos, e quando o co-piloto da /localizar, mostra o bairro East Beach, então ele olha no mapa para ver onde é. Até que vê que é próximo do hospital de LS. Ele deverá dizer no raidcall;
** Estão passando por East Beach, próximo ao Hospital LS da pista de skate.




Orientação ao refém





Todos reféns devem ser orientados por SMS, assim que aparecer a mensagem de sequestro no chat.
Não baste ter uma bind no hotkeyboard no qual você digita o telefone e já manda todos SMS's para o refém. Esse é o maior problema existente, por isso peço que literalmente deletem essas binds e começem a orientar com a própria unha, seguindo as características do cativeiro e explicando como ocorrerá nossa invasão e tudo o que o refém tem de fazer.


• Características de cativeiros


- Subterrâneos
Nesses cativeiro, o refém deve ser orientado o exato local por onde ele deverá sair, e também o lugar onde a VTR/HELI estará posicionado para salva-lo.


- Bloqueadores
Estes cativeiros são os que impedem a passagem do refém, por isso deve ser orientado ao refém como ele pode sair mais facilmente do cativeiro, aumentando seu fps, empurrando o carro pelas laterais, correndo em zig-zag ou em circulos até que o helicóptero pouse ou que retirem o carro do cativeiro. Vai de acordo com cada catv.


- Ágeis
São cativeiros que dependem único e exclusivamente da inteligência e da rapidez do refém. É importante deixar isso bem claro ao refém de que ele precisa ser muito, muito rápido. Deve informar o local em que o HELI/VTR estará, se haverá snipers, o local de saída do refém e até então abusar de bugs para sair, como "Esc" durante uma explosão, um tiro, etc.


- Levianos
São cativeiros fáceis, que não dependem muito do refém. Deve ter uma orientação básica, e avisar alguns segundos antes da invasão.


- Altos
São cativeiros de extrema dificuldade, por isso o refém deve ser orientado sobre seu FPS. Caso ele tenha paraquedas, isso pode servir de um recurso, facilitando nossa trabalho. É importante informa-lo segundos antes da invasão.


* A orientação do refém é feita pelo co-piloto atuante.




Aplicação de SU's



Antes de uma invasão, deve deixar bem claro quem aplicará SU's. Cada cativeiro é viável que um aplique /SU, normalmente o menos em risco durante a ação, por isso é importante consultar as táticas na outra sessão.
O exato momento de aplicar /SU é após a invasão, no início do combate.
O silêncio no raidcall deve ser extremo, apenas os que estão em solo devem estar falando os ID's, e o quem estiver aplicando os /SU deve ter uma audição confiável, pois os ID's devem ser passados(falados) apenas uma vez no raidcall.
Não há a necessidade de "enfeitar" durante o /SU, utilize apenas as abreviações oficiais, de acordo com o manual do exército.


* Com essa nova regra, é essencial tirar SS assim que aplicar o /SU, o mesmo serve para os terrestres, que assim que falar o ID via raidcall devem tirar uma SS do procurado no combate, no local do cativeiro para evitar denúncias.
** Para informar que você irá aplicar os /SU's é necessário utilizar o código 10-60.




Preparação para um resgate





A preparação antes do resgate é a alma dele. Sabendo que a qualquer hora pode haver uma chamada para a G.T.R., é essencial deixar tudo em ordem, por isso, segue abaixo uma dicas, ou melhor, deveres!


- Ao voltar de um resgate, manter o helicóptero em ordem e em seu local de respawn.
- Pelo menos 2 membros da equipe de resgate devem ter o /chamar carro do(s) helicópteros utilizados.
- É dever estarem reunidos, sempre, caso não estejam é importante um 10-10.
- Durante um período intensivo, de vários sequestros, etc., nenhum membro pode ficar em Status 2 por motivos fúteis, como ver sua rede social, outros jogos etc. Há momentos e horários adequados para isto.
- A partir de agora teremos um prazo máximo para chegar no cativeiro, este prazo será de no máximo 5 minutos. Tempo suficiente para dar uma volta no mapa do GTA de faggio.
- É obrigação todos manter-se equipados, armados, preparados para uma atividade com confronto.
"Voar para servir"





Manual de Pilotos e Co-pilotos da G.T.R.®
Creditos :



Cesar_Vilpando



• Os treinamento serão feitos as 21h todos os dias. Durarão em media 30 minutos, organizado pelo lider ou pilotos.


• Serão feitos testes constantes, todas semanas. Será divulgado todas datas e horários.


• È obrigado a falar diretamente com os membros pelo microfone, e avisa-lo de tudo que fazem durante o sequestro.



• Na ausência de membros da G.T.R Aero, um membro comum do exército será chamado.



• Paraquedistas deverão ficar em media mais ativos o que os terrestres.




• Na falta de Terrestre um irá treinar paraquedismo também. Ah mesma coisa na falta de Paraquedista.



 

Créditos ao ex-lider Mc_Lon. Manual básico G.T.R. ®




 




 



 [/size]


 
avatar
CDT_Kayrus

Honor Member

→ Honor Member

Tenente
Total de Post : 53
ExGold : 64
Reputação : 1
Data de Inscrição : 16/07/2013


<br>
Classificação: - <br>Pontuação: - <br>Pontuação Total: - <br>Medalhas: - <br>Kills: - <br>Rank: -


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum